3rd September 2014

Passa os dias remotos do Porto Summer of Code no Cool.Office

Já sabes onde vais programar durante os dias remotos do Porto Summer of Code?

Se não sabes, temos novidades para ti!

O Cool.Office Porto está disponível para receber, sem qualquer custo, todas as equipas do Porto Summer of Code!

Usufrui de internet wireless (WiFi B/G/N 2.5Ghz e 5Ghz), impressora profissional A4/A3, mesas de grupo em vários espaços, cozinha e possibilidade de trabalhar ao ar livre.

Localizado a 5 minutos a pé da FEUP e com estacionamento gratuito nas imediações, o Cool.Office Porto é o espaço ideal para começares a desenvolver o teu projecto, conheceres outros participantes e viveres ao máximo o espírito do Porto Summer of Code.

Por questões de logística, enviem um email para [email protected] e [email protected] a confirmar a vossa presença.

Até breve!

20th August 2014

Queres jogar bonito?

As candidaturas do Porto Summer of Code terminaram a 15 de agosto. Não submeteste um projeto? Não te preocupes, temos um último desafio para ti!

O Jogabo escolheu o Porto Summer of Code para dar o pontapé de saída a um projeto que pretende mais uma vez revolucionar o mundo do futebol. O futebol que é jogado por milhões de jogadores em todo mundo, desde os grandes estádios até ao futebol de rua.

Com um número crescente de utilizadores na Europa e uma comunidade ativa em Portugal, o Porto poderá ser a cidade pioneira na adoção deste projeto.


Jogabo - Partilha os teus momentos

Num mundo cada vez mais global, as redes sociais permitem-nos partilhar instantaneamente todo o tipo de momentos. Contudo, são raros os amantes de futebol que partilham os seus melhores lances. Aquele golo de cabeça ou aquele passe de letra ficam apenas na memóra.

O Jogabo quer mudar isso.

Bastam duas câmaras Go Pro e um smartphone e poderás partilhar instantaneamente as tuas jogadas e mostrar ao mundo o teu talento.

Só faltas tu!
Tens interesse em concorrer com esta ideia no Porto Summer of Code? Então sabe mais e candidata-te aqui. Tens até dia 1 de setembro!

Se fores aceite, poderás fazer parte de um projeto pioneiro e até integrar uma nova equipa do Jogabo em Portugal.


Vemos-te no Porto!
Porto Summer of Code

14th August 2014

Relógios Android Wear

Como amantes da tecnologia, gostamos de nos rodear do maior número possível de “brinquedos”. Se forem novos, tanto melhor.

Ontem tivemos oportunidade de informar os nossos inscritos e hoje tornamos público: durante o Porto Summer of Code, a Doist vai disponibilizar relógios Android Wear que os nosso participantes poderão experimentar.

image

Para além disso, se já tens projeto, até podes começar a pensar o que farias com um relógio destes. Se ainda não tens projeto, sê criativo e inventa a próxima grande app para tirar partido destes dispositivos. Aproveitas e vens implementá-la no Porto Summer of Code.

As candidaturas encerram amanhã, por isso não percas muito tempo a sonhar e candidata-te.

Alguns links úteis para quem ficou de apetite aguçado:
- Android Wear
- Android Developers – Android Wear

Vemos-te na Invicta!

12th August 2014

Vais faltar à maior festa de programação da invicta?

Aproxima-se a passos largos a primeira edição do Porto Summer of Code, a maior festa de programação da invicta.
Vamos juntar estudantes, profissionais habituados a resolver problemas de entidades governamentais e corporações multinacionais, responsáveis por produtos com milhões de utilizadores e verdadeiros artistas da programação, tudo num só lugar.
Durante três dias, antes do regresso às aulas, o Porto Summer of Code pode ser a tua rampa de lançamento para grandes aventuras profissionais que, quem sabe, podem começar no seio do evento.

Tal como já deves saber, na segunda fase do Porto Summer of Code, as equipas deverão terminar os seus projetos e preparar a respetiva apresentação.

Como o trabalho vai ser muito, vamos assegurar as condições para que as equipas se possam concentrar no que realmente interessa: a programação intensa. ;)

Alimentação

Durante os dias presenciais do evento, o almoço e os coffee breaks são por nossa conta! Vamos também oferecer fruta, snacks e águas para mantermos todos os neurónios no topo da performance.

Uma referência especial ao coffee break do último dia. A T Bakes vai à Blip para nos presentear a todos com mais do que uma iguaria: uma obra de arte comestível!

image

Alojamento

Durante os dias presenciais do evento, todos os participantes usufruem de um desconto de 40% no Dixo’s Oporto Hostel e no Rivoli Cinema Hostel, dois dos hostels mais in da baixa Portuense.

image

Transporte

Para quem vem de fora da cidade Porto e quer viajar de forma económica, aconselhamos que utilize o comboio. Se comprares os bilhetes na CP com pelo menos 5 dias de antecedência, usufruis de um desconto de 40%.

Ainda vais a tempo de começar a tua candidatura, mas atenção ao relógio!

 

4th August 2014

De 12 a 14 de setembro, vemo-nos no Porto!

Por esta altura, já devem saber que, na fase presencial de 12 a 14 de setembro, o Porto Summer of Code realizar-se-á na cidade do Porto.

Assim, o Porto Summer of Code tem o prazer de informar que no dia 12 de setembro estaremos na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e nos dias 13 e 14 de setembro deslocar-nos-emos para o coração da cidade, para os escritórios da Blip.

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), pelo seu prestígio nacional e internacional, dispensa qualquer tipo de apresentação. Para os participantes que ainda não conhecem as suas instalações, a FEUP situa-se no polo II da Universidade do Porto – Campus da Asprela. Com uma área que ronda os 90.000 m2, conta com condições de excelência para o ensino e o desenvolvimento das mais variadas áreas da ciência e da engenharia.

image

Por outro lado, a Blip é uma jovem empresa sediada no Porto com principal foco no desenvolvimento Web. Ao pôr em prática uma cultura de trabalho moderna que encoraja a autonomia individual, tem como objetivo criar um ambiente onde impera a alegria e no qual cada colaborador consegue atingir o seu potencial máximo. As suas instalações têm capacidade para mais de uma centena de pessoas e contam com espaços de reunião diferentes, inovadores e descontraídos. Existe inclusivamente uma carruagem dentro do edíficio, na qual decorrem as mais variadas conversas.

image

Agora que já sabes onde vamos estar, marca a tua presença no Porto Summer of Code. Não percas a oportunidade de vir conhecer estes espaços, que serão o palco desta competição. 

Vemo-nos no Porto!

Aliás, vemo-nos aqui:
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto
Blip

29th July 2014

Uma semana a programar? Depende de ti.

Uma. Semana. Inteira. Sem descanso. A programar. Certo?
Não, nem por isso – ora vejamos:


Versão curta:

Os 4 dias remotos do Porto Summer of Code podem ser usados de acordo com as ambições de cada equipa.

Preferem começar a fazer esquemas, validar o vosso projeto com os mentores, detalhar a implementação ou o design, sem começar a desenvolver o produto? Fantástico.

Preferem começar a programar? Também é permitido.


Versão longa:

O Porto Summer of Code é um evento lúdico para estudantes que gostem de construir, contribuir e conhecer.

Quando nos propusemos a organizar o Porto Summer of Code, uma das primeiras coisas que tivemos que decidir foi a duração do evento. Foi um dos primeiros passos para que o evento começasse a ganhar forma.

Após analisar o formato, tendo também em conta a nossa experiência pessoal em eventos semelhantes, rapidamente conseguimos retirar algumas conclusões:
- não é muito comum que eventos deste tipo durem mais do que 3 ou 4 dias;
- durante eventos onde é necessário desenvolver um produto funcional, é comum que os participantes não tenham tempo para outras atividades que não trabalhar no produto;
- a qualidade dos projetos desenvolvidos muitas vezes não corresponde ao esforço exercido pelos participantes.

Não corre sempre assim, mas facilmente podemos apontar um ou outro evento onde nos identificamos com 2 ou 3 dos pontos mencionados.

É comum que o “Informático” seja demasiado otimista com o que consegue fazer no tempo disponível. Se se juntar a esse otimismo alguma falta de experiência e preparação, chega-se facilmente a um primeiro dia pouco produtivo e a mais um evento com projetos incompletos e participantes desgastados.
A nossa solução para estes problemas foi a seguinte:

4 dias remotos + 3 presenciais.

Nos 4 primeiros dias, a competição começa remotamente. Os repositórios serão prontamente atribuídos a todas as equipas.

As equipas podem começar a trabalhar da forma que quiserem. Pretende-se que tenham tempo para alinhar ideias e definir a melhor rota, não necessitando de começar a programar imediatamente.

Desta forma, haverá tempo para tudo: conversar, jogar, conhecer e contactar connosco. Também para trabalhar.

Os mentores irão acompanhar as equipas desde o primeiro dia e aconselhá-las de acordo com os seus projetos. A sua experiência será certamente valiosa para potenciar o sucesso dos projetos.

Passados os 4 dias remotos, encontrar-nos-emos na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e posteriormente nos escritórios da Blip.

Durante os 3 dias presenciais, os participantes deverão continuar o trabalho que começaram. Espera-se que todas as equipas já tenham todas as engrenagens no lugar certo para começarem ou continuarem a trabalhar em força e de forma produtiva.


No fundo, as equipas devem candidatar-se com o projeto que melhor sirva os seus interesses.

Por um lado, podem apresentar um projeto para 6 dias de trabalho, com a intenção de começar a desenvolver desde cedo. Alternativamente, podem candidatar-se com um projeto que seja execuível em 2 ou 3 dias, tornando a experiência mais relaxada.

O que se deseja é evitar noitadas desnecessárias e projetos incompletos, sobrando tempo para conhecer e dar a conhecer.


Vemo-nos em setembro!

28th July 2014

Damos as boas-vindas aos parceiros do Porto Summer of Code!

Agora que já sabes o que é o Porto Summer of Code, chegou a hora de revelar as empresas e instituições envolvidas no projeto!


Nesta primeira edição, o PSC conta com o apoio dos seguintes parceiros:

Como vês, no PSC vai estar presente uma panóplia muito diversificada de empresas e instituições. Algumas providenciam soluções tecnológicas inovadoras, outras são um marco no ensino português, outras almejam mudar o mundo através de movimentos empreendedores.


Acima de tudo, todas vão estar presentes no PSC por ti. Vais ter a oportunidade de confraternizar com os seus representantes, pedir opiniões e conselhos aos mentores, explorar potenciais oportunidades profissionais, ou simplesmente ficar a conhecer melhor algumas das empresas mais interessantes a operar em Portugal.


Do que é que estás à espera? Não percas esta oportunidade e inscreve-te até ao dia 15 de Agosto.

Se ainda tens alguma dúvida consulta o nosso regulamento e FAQ em www.portosummerofcode.com, ou envia um email para [email protected].

21st July 2014

Autenticação GitHub @ Porto Summer of Code

Temos recebido algumas questões acerca de ser necessária a autenticação através do GitHub para criar um perfil no Porto Summer of Code. Aparentemente, o serviço ainda é desconhecido para alguns estudantes.

Por essa razão, adicionámos a possibilidade de autenticação via Facebook e tencionamos adicionar o Twitter brevemente.

Ainda assim, recomendamos vivamente que a autenticação seja feita via GitHub pois este serviço desempenhará um papel importante no decorrer do Porto Summer of Code.

Let’s talk GitHub

image

O GitHub é o serviço de alojamento mais popular para projetos que utilizem o sistema de controlo de versões Git. Após criarem a vossa conta, podem criar repositórios públicos ou privados. Durante o decorrer do programa a organização do PSC fornecerá um repositório privado a cada equipa onde deverão alojar o vosso código.

Sistema de controlo de …what?

Um sistema de controlo de versões é comparável ao avental de churrasco para quem desenvolve software. Permite-nos ter a nossas ferramentas organizadas e evitar que fique tudo queimado.

image

Seriously, ao trabalhar em equipa no desenvolvimento de software é necessário que estejamos munidos das ferramentas necessárias que nos permitam editar código simultaneamente com os nossos colegas de equipa, minimizando efeitos nocivos de conflitos de edição e separar bem o código pronto para entrar em produção do código em desenvolvimento.

Sim, esquece a Dropbox ou o zip por email. We’re talking serious business over here!

Git

O Git é um sistema de controlo de versões, mas não é o único.
Foi desenvolvido em 2005, fruto da necessidade de encontrar uma alternativa à manutenção do código do kernel do Linux. Fruto da sua rapidez e eficiência na gestão de projetos de larga escala, o Git estabeleceu-se como um dos sistemas de controlo de versões open-source de eleição.

Mais informação: A Short History of Git.

Isto parece-me tudo muito complicado

“The night is dark and full of terrors”

Como futuro profissional de desenvolvimento de software, as hipóteses de teres de trabalhar com um sistema de controlo de versões são de… 100%. O Porto Summer of Code existe para isso mesmo: aprender. E a vantagem é que aqui ninguém te vai descontar no salário. Para além do mais, a organização e os mentores estão cá para ajudar!

Meh… e se eu quiser outro sistema de controlo de versões?

Por forma a facilitar o acesso ao código por parte dos mentores é preferível que estejamos todos a utilizar as ferramentas sugeridas pela organização do Porto Summer of Code. Ainda assim, não somos fundamentalistas, portanto podes sempre entrar em contato connosco para que avaliemos alternativas.

Recursos

Digamos que a Internet abunda de informação acerca deste tema. E não só…
De qualquer das formas, aqui ficam alguns possíveis pontos de partida para starters e ninjas.

101

Ninja

Ok amigos, nada de novo aqui…

Ótimo! Por que é que ainda não te inscreveste?